Prefeitura de Manaus registra economia recorde de R$ 690 milhões com os processos licitatórios realizados no biênio 2021-2022

POLÍTICA – Em apenas dois anos de administração, a gestão do prefeito de Manaus, David Almeida, já economizou aproximadamente R$ 690,3 milhões em licitações, valor que deverá ser ainda maior, já que ainda existem processos licitatórios em andamento neste fim de ano.

O resultado, referente a cerca de R$ 3,7 bilhões licitados nesse período, é um marco histórico para a Prefeitura de Manaus, que aproveita o ganho de eficiência da Comissão Municipal de Licitação (CML), em parceria com as secretarias, para ampliar os investimentos nas mais diversas áreas, da saúde, educação e infraestrutura à assistência social.

“Com muita seriedade, dedicação e responsabilidade com os recursos públicos, estamos conseguindo ampliar nossa capacidade de investimento. E isso é fundamental para darmos continuidade a projetos estruturantes, que estão tornando nossa cidade melhor para se viver”, destaca o prefeito David Almeida.

Entre esses projetos mencionados pelo prefeito, estão o “Asfalta Manaus”, reforma de todas feiras e mercados da cidade, ampliação e modernização das redes de educação e saúde, além dos investimentos em infraestrutura e urbanismo e em ações de assistência social.

Em 2023, o prefeito lançará grandes obras de mobilidade, como viadutos; na área social e do lazer, o Parque Gigantes da Floresta; além de projetos que também são voltados ao fomento do turismo, como as construções de mirante no centro de Manaus e do Parque Encontro das Águas Rosa Almeida, este de frente para o Encontro das Águas, na zona Leste da capital amazonense.

Resultados

Detalhando ano a ano, em 2021, a CML licitou R$ 1,09 bilhão, conseguindo economizar R$ 254,9 milhões, por intermédio de 347 processos licitatórios (pregões eletrônicos e presenciais, tomada de preço e concorrência). No total, 834 empresas disputaram esses certames públicos.

Neste ano de 2022, a prefeitura licitou R$ 2,71 bilhões, até este início de dezembro. Foram 354 processos licitatórios, com a concorrência de 683 empresas. Juntos, esses processos geraram uma economia ainda maior que em 2021: de R$ 435,4 milhões.

O presidente da CML, Victor Cipriano, destaca que, entre os fatores que influenciaram na economia de recursos públicos, estão a transparência e ampla divulgação dos processos e a consequente grande competitividade das licitações.

Histórico

Considerando os quatro últimos anos, o desempenho positivo da atual gestão se mostra ainda mais evidente.

Nos últimos dois anos da administração anterior, os resultados, nas principais secretarias, foram: em 2019, a Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf) licitou R$ 658,7 milhões, com economia de R$ 48,9 milhões. A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) licitou R$ 123,2 milhões e economizou R$ 52,4 milhões; e a Secretaria Municipal de Educação (Semed) licitou R$ 55,5 milhões, com economia de R$ 3,4 milhões.

Em 2020, a Secretaria de Administração, Planejamento e Gestão (Semad) contabilizou R$ 1,68 bilhão em licitações, com economia de R$ 274 milhões; na Seminf, licitações de R$ 162,1 milhões, com economia de R$ 12,5 milhões; Semsa, licitações totais de R$ 163,3 milhões e economia de R$ 55,9 milhões; e a Semed licitando R$ 25,1 milhões, com economia de R$ 4,9 milhões.

Em 2021, primeiro ano da gestão David Almeida, a Semad licitou R$ 329,3 milhões, com economia de R$ 94,7 milhões; a Seminf licitou R$ 270,3 milhões e economizou R$ 22,1 milhões; a Semsa licitou R$ 249,6 milhões, com economia de R$ 82 milhões; e a Semed licitando R$ 152,5 milhões e economia de R$ 47,2 milhões.

Neste ano de 2022, constata-se a Semad licitando R$ 2,02 bilhões, com economia contabilizada de R$ 351,2 milhões; a Seminf licitando R$ 200,9 milhões, com economia de R$ 3,1 milhões; a Semsa com licitações totalizando R$ 185,5 milhões e economia de R$ 52,3 milhões; e a Semed com licitações de R$144,7 milhões e economia de R$ 10,8 milhões.

***Com informações de assessoria

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia Também

Prefeitura de Manaus entrega mil registros de imóveis aos moradores do bairro Colônia Antônio Aleixo

MANAUS – Como parte das ações do programa de regularização fundiária da prefeitura, o “Manaus Legal”, mil famílias do bairro Colônia Antônio Aleixo, na zona Leste da cidade, receberam, nesta terça-feira, 4/6, as certidões de registros de imóveis, realizando o tão desejado sonho da casa própria. A entrega dos títulos foi realizada pelo prefeito David […]

Powered by Mixplano Digital  © 2020 Impacto Amazonas